Os exames de vista são um procedimento médico no qual o paciente só tem a ganhar seja através da boa notícia de que não há problema algum ou da notícia não tão boa, mas bem vinda, de que ações corretivas são necessárias.

Pensando nisso, hoje separamos as informações mais importantes que você deve saber sobre os exames de vista. Você vai saber:

  • Qual a finalidade dos exames de vista;
  • Como eles funcionam na prática;
  • Qual o formato tradicional e quais outros tipos você pode precisar realizar.

Para quê serve o exame de vista

O exame de vista serve basicamente para avaliar a sua capacidade visual. O mais recomendado que é você faça o exame de vista com um oftalmologista de confiança.

Isso porque só um médico profissional pode garantir um diagnóstico correto, além de aplicar alguns outros testes que garantem a saúde dos seus olhos.

Normalmente, a frequência recomendada de consultas é uma vez por ano para quem passou dos 40 anos. Se você usa óculos, é importante ir ao médico para solicitar novos exames de vista todos os anos, mesmo antes dessa idade.

Apesar dos exames de vista serem indispensáveis para um diagnóstico 100% confiável, existem alguns sintomas que podem indicar algum problema antes mesmo de ir ao oftalmologista. São eles:

  • Visão dupla, vista cansada, manchas na visão ou olho vermelho;
  • Formação de ‘sombras” no olho e não enxergar nitidamente;
  • Ver um halo ao redor da luz ao olhar, por exemplo, para a luz de uma lâmpada;
  • Não distinguir muito bem a cor dos objetos;
  • Lacrimejar em excesso;
  • Sentir muita sensibilidade à luz;
  • Sentir muita dor de cabeça ou nos olhos;
  • Precisar apertar os olhos para focar em objetos;
  • Sentir vontade de esfregar os olhos com frequência;
  • Histórico de pessoas na família com problemas de visão, como glaucoma.

Como começa um exame de vista tradicional

Em um exame de vista tradicional, seu oftalmologista começa perguntando quais são os motivos pelos quais você está se consultando.

Com base nisso, ele define quais tipos de testes serão feitos.

Se você estiver experimentando sintomas específicos, o médico ou médica vai perguntar qual é a intensidade e há quanto tempo você os sente. Ele também pode perguntar se as sensações começaram de repente ou durante um período de tempo.

Além dessas informações mais específicas, o profissional também vai precisar saber sobre a sua saúde geral, incluindo os tipos de medicação que você toma e outros sintomas relacionados a um histórico de problemas de visão.

É também importante mencionar, ao longo da consulta, as atividades que você desenvolve em seu trabalho.

Tipos de exame de vista

O oftalmologista decide, com base nas informações que você passou, quais serão os exames de vista que precisam ser realizados.

Cada um é focado em identificar um problema específico. Os principais são:

  • Teste de Snellen: também chamado de teste de acuidade, de refração ou de medida do grau. É aquele exame mais conhecido, no qual você deve acertar as letras em um diagrama para que o oftalmologista faça avaliação do quanto você enxerga. Ele avalia a presença de miopia, hipermetropia e astigmatismo utilizando uma série de lentes para que você defina com qual delas você enxerga bem
  • Teste Ishihara: este exame também é bem comum e pode ser encontrado na internet. Ele serve para identificar o daltonismo; nele, é pedido que o paciente olhe para um diagrama de cores.
  • Teste de vista OCT: este exame de vista confere a presença de problemas em partes do olho como a córnea, retina, humor vítreo e nervo óptico.
  • Queratometria: esse teste mede a curvatura da córnea. Um feixe de luz é emitido no olho e o profissional avalia sua reflexão. O principal objetivo de medir esse item é escolher o ajuste certo de lentes de contato.

Existem outros testes que seu oftalmologista pode realizar que não estão listados, mas dependem dos seus sintomas. Nenhum deles causa dores ou muitos desconfortos.

Tratamento para problemas de visão

No final do exame, o médico ou médica avalia os resultados e determina um diagnóstico: se você precisa utilizar colírios, óculos ou se tem algum problema que pode requerer cirurgia etc.

O mais comum dos diagnósticos do exame de vista é a necessidade de usar óculos ou lentes de contato para corrigir a capacidade de enxergar nitidamente.

Se você ficou sabendo que precisa usar óculos, pesquise os tipos de lentes para óculos que existem hoje no mercado antes de fazer seu óculos.

Saber os tipos de lentes e tratamentos que existem hoje no mercado antes de comprar seu óculos te ajuda a ter o que você realmente precisa e ainda economizar muito mais 😉 Afinal, você não quer gastar uma fortuna para ter o óculos perfeito, não é mesmo? 😊

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todas as nossas dicas para você sempre ter a melhor versão daquele que te acompanha em todos os momentos 😁