Nesse artigo você vai entender o que é hipermetropia. Também vai saber que é um dos problemas de visão mais comum que existem e quais são os tratamentos disponíveis.

O que é hipermetropia?

Você já ouviu alguém dizer que tem dificuldade para enxergar objetos que estão próximos? Pois é, essa a principal característica de quem tem hipermetropia. 🙁

A hipermetropia é causada por uma falha na refração. Isso faz com que os raios de luz sejam interceptados pela retina, antes de se formar a imagem. Ou seja, a imagem é formada depois da retina.

o que é hipermetropia

A formação da imagem para quem possui hipermetropia

E é por isso que a visão de perto é prejudicada nesse caso, mas a visão para longe se mantém normal, exceto nos casos onde a pessoa possui outro tipo de alteração na visão, como astigmatismo, por exemplo.

A hipermetropia pode ser causada por fatores hereditários, doenças degenerativas e traumas oculares.

Essa dificuldade de enxergar de perto que é característica da hipermetropia, pode levar ao esforço excessivo da visão, causando cansaço nos olhos e dores de cabeça.

Em casos mais incomuns, a hipermetropia pode estar associada ao estrabismo. Esse tipo de situação acontece, geralmente, na infância e possui tratamento. Nesses casos, recomenda-se buscar por um oftalmo de confiança o mais cedo possível.

Assim como a miopia e o astigmatismo, a hipermetropia possui diferentes opções de tratamento para te ajudar a voltar a enxergar bem os objetos que estão próximos. Veja a seguir quais são eles. 😉

1- Óculos de grau

O método mais conhecido para corrigir a hipermetropia é o uso de óculos. Nesses casos, o tipo de lente utilizada para corrigir a hipermetropia é as lentes convergentes ou convexas. Elas são capazes de redirecionar a imagem para a retina, tornando a visão normal.

Na receita, é indicada a necessidade de utilizar óculos para hipermetropia quando o valor do grau é precedido de um sinal positivo (+) na coluna do esférico. Veja um exemplo abaixo de receita para hipermetropia

o que é hipermetropia

Exemplo de receita de hipermetropia. Olho direito: 0.25 graus de hipermetropia com 2 graus de astigmatismo. Olho esquerdo 0.75 graus de hipermetropia com 1.5 graus de astigmatismo. Nota-se que o sinal positivo na frente de 0.25 e 0,75 indica a hipermetropia

As lentes para óculos mais indicadas nesses casos vão variar de acordo com o grau. Isso acontece porque todas as lentes para hipermetropia são grossas no centro e finas nas bordas. Quanto maior o grau, maior será a espessura das lentes no centro.

Portanto se você tem até 4 graus de hipermetropia, dê preferência para as lentes de policarbonato que tenham índice de refração a partir de 1.59.

E se você tem mais de 4 graus de hipermetropia, o mais recomendado é as lentes de resina que possuem médio ou alto índice de refração, como as lentes 1.67, 1.74 e 1.76.

Mas lembre-se: Para casos de grau alto, quanto maior for o índice de refração da lente, mais finas as lentes do seu óculos vão ficar. 😉

2- Lentes de contato

As lentes de contato também conseguem corrigir a formação do foco da imagem na retina nos casos de hipermetropia. Por isso que algumas pessoas optam pelas lentes de contato, devido à estética.

O tipo de lente mais utilizada é as gelatinosas ou as rígidas. Em casos em que existe algum tipo de alteração na córnea, como nos pacientes com ceratocone ou estrabismo, é necessário que as lentes sejam rígidas para auxiliarem também na melhora dessa distorção.

Por isso, antes de utilizar lentes de contato, consulte com um oftalmo de confiança. Só ele pode te informar qual é o melhor que você pode utilizar sem ter problemas de visão no futuro. 😉

3- Cirurgia refrativa

O único tratamento que pode diminuir a hipermetropia a quase 0 grau é a cirurgia refrativa. Esse procedimento faz com que a pessoa volte a enxergar quase que de forma normal, não tendo mais dificuldades com os objetos de perto. Mas ainda pode apresentar a necessidade do apoio de um óculos de descanso para leituras.

Apesar de se tratar de um forma muito eficaz de diminuir o grau de hipermetropia, a cirurgia refrativa possui a desvantagem de possuir um custo bastante elevado.

As cirurgias refrativas a laser possuem valor inicial por volta de R$4.000 e necessitam de exames específicos. Além disso, ela só pode ser realizada após os 21 anos e com a autorização de um oftalmologista que ateste a estabilização do grau.

Veja quanto custam as lentes para hipermetropia

Se você sabe que possui hipermetropia, veja quais são e quanto custam as lentes disponíveis no mercado. Conheça essa ferramenta online, 100% segura e gratuita permitindo que você faça sua pesquisa de preço, bem como compare todas no mercado. Tudo isso para o seu conforto e saúde dos seus olhos 😀

Consulte o Consultor Óptico da Lenscope. Preencha o seu grau e veja os preços.

O que é hipermetropia
Deixe sua avaliação