Você fica em dúvida entre as Lentes Transitions ou Fotossensíveis? As lentes que escurecem na presença dos raios UV são chamadas de lentes fotossensíveis e elas são ativadas pelos raios UV emitidos pelo sol – por isso só escurecem quando são expostas à luz ambiente.

As lentes fotossensíveis não substituem óculos escuros, mas são uma ótima alternativa para quem não quer ter que ficar trocando de óculos, pois diminuem o desconforto que a iluminação causa.

Só repare que, para quem dirige, pode não ser tão bom, pois elas não escurecem dentro do carro. O vidro da maioria dos veículos bloqueia os raios solares fazendo com que essas lentes não sejam ativadas.

Além disso, você sabia que a temperatura também pode influenciar na mudança de cor de uma lente fotossensível? Sim, é verdade! No frio, a ativação das lentes fotossensíveis normalmente se torna mais lenta. 😮

Lentes Transitions ou fotossensíveis? Qual eu devo comprar?

Na verdade tanto faz. Isso porque tanto as Lentes Transitions como as lentes fotossensíveis escurem na presença dos raios UV e o que diferencia uma da outra é apenas o nome desse tratamento que cada marca atribui a sua lente.

Conheça os tratamentos das marcas de lentes fotossensíveis disponíveis no mercado brasileiro e faça a melhor escolha pra você 😊

Marcas de tratamentos de lentes fotossensíveis

 

1. Transitions Signature (Essilor e Tokai 1.76)

A linha Signatura é uma das mais famosas da Transitions e recebe um tratamento chamado de Chromea7. Essas lentes estão disponíveis em cinza, marrom e verde grafite. Entre os diversos tipo de produtos Transitions, são as que apresentam transição mais rápida.

Atualmente na 7ª geração, a Transitions Signature 7, é utilizada em diversas lentes avançadas, a exemplo das Lentes Tokai 1.76. Fabricadas no Japão, essas lentes são feitas com a resina mais fina do mundo e no Brasil, são vendidas exclusivamente pela Lenscope.

Nas Lentes Tokai 1.76, a tecnologia Signature 7 da Transitions proporciona uma rápida transição e lentes bem mais finas, sem aquele aspecto fundo de garrafa.

2. Transitions XTRActive (Essilor)

Outra versão das lentes Transitions, estas lentes foram desenvolvidas para quem é sensível à luz mesmo quando está em ambientes internos. Por isso, continuam um pouco escuras para proteger seus olhos de luzes fluorescentes e telas de dispositivos. Desse modo, a ativação também ocorre quando dentro de um automóvel.

3. Sensity (Hoya)

Estas lentes fotossensíveis são tratadas com uma nova tecnologia, chamada de fotocrômica. Disponíveis em cinza e marrom, seu principal diferencial é o tempo de ativação, menos influenciado pela temperatura do ambiente.

4. PhotoFusion (Carl Zeiss Vision)

Feitas na Alemanha, estas lentes possuem uma cor cinza que tem o objetivo de manter as cores nítidas em qualquer ambiente. Representam uma melhoria de 20% na rapidez de escurecimento, comparadas às anteriores da mesma marca.

5. Fotocroma (Lenscope)

Trata-se do tratamento fotossensível aplicado às lentes fotocroma da Lenscope. Com tempo de ativação e desativação semelhantes às últimas gerações da Transitions, as Lentes Lenscope 1.59 Fotocroma são feitas de policarbonato, um material resistente e leve. O tratamento fotossensível vem acompanhado de antirreflexo, antirrisco e proteção UV. Elas atendem a graus de miopia entre 0 e -4, hipermetropia de 0 a +4 e astigmatismo de 0 a 2 graus.

Você tem até 4 graus de miopia ou hipermetropia e gostaria de saber mais como são as Lentes Lenscope 1.59 Fotocroma. Confira como elas funcionam e quais são os tratamentos que elas acompanham 😉

Se você tem mais de 4 graus e gostaria de ter uma lente transitions, as Lentes Tokai 1.76 Transitions podem oferecer pra você lentes muito mais finas com todos os tratamentos já inclusos.  Conheça as Lentes Transitions mais finas do mundo.